N E W S L E T T E R
 
 Nome:
 E-mail:
 Código: Imagem de verificação, escreva o código na caixa...

Festa de Inauguração da Sede de Freguesia - 2009-01-27 [ Voltar Atrás ]

Paulo Urbano recandidata-se e apresenta trabalho…

Junta apoia bebés e famílias

O presidente da Junta de Orvalho, Paulo Urbano, anuncia ao Reconquista a sua recandidatura ao cargo, numa altura em que foi inaugurada a sede da Junta e a Extensão de Saúde, fechando um ciclo de obras no valor de cinco milhões de euros. Explica como quer fixar população e empresas, não duvidando que a central de biomassa, investimento de 30 milhões, vai ser uma realidade.

A Junta de Freguesia de Orvalho vai conceder um apoio de 1500 euros por cada bebé, bem como um apoio de 2500 euros às famílias que adquiram casa em Orvalho, ou que apostem na reconstrução de casas para habitação. Denominada Orvalho Jovem – Programa de Apoio à Fixação de Jovens Famílias, esta iniciativa entrará em vigor já em Fevereiro e pretende contribuir para aumentar a população jovem.
“Neste momento existem boas perspectivas de criação de postos de trabalho na freguesia, alguns deles muito qualificados. Se for possível fixar algumas dessas famílias era muito bom”, refere o presidente da Junta, Paulo Urbano, o qual aponta outras vantagens como a educação pré-escolar gratuita, a habitação a preços mais baixos que noutras localidades, além das boas condições em termos de infra-estruturas.
O autarca adianta que pretende criar também incentivos à criação e fixação de empresas pois, “numa altura em que a Freguesia tem boas condições em termos de qualidade de vida, é uma pena não termos mais pessoas”. Um dos pontos que destaca é o novo edifício da Junta, na antiga Casa do Povo, inaugurado no domingo, dia 25, na presença da Governadora Civil, Alzira Serrasqueiro, do presidente da Câmara de Oleiros, José Marques, e da coordenadora da Sub-região de Saúde, Ana Maria Correia.
A oportunidade foi aproveitada por Paulo Urbano para solicitar à Governadora que interceda politicamente ao mais alto nível para que a central de biomassa a criar em Orvalho avance o mais depressa possível e com a maior dimensão possível. O projecto que, segundo apurámos, vai mesmo avançar, poderá representar um investimento até 30 milhões de euros, que permita criar 30 postos de trabalho, muitos deles altamente qualificados. A outra grande vantagem assenta nas mais-valias que este projecto poderá trazer aos proprietários florestais do Concelho e da região. 

Mais turismo e mais obras

Nos últimos oito anos, nas contas do presidente da Junta, terão sido investidos cerca de cinco milhões de euros em Orvalho, em obras ligadas ao abastecimento de água, saneamento, lazer, educação, saúde e solidariedade. Mas ainda há trabalho importante a fazer, pelo que está disposto a apresentar-se às próximas Autárquicas. Mas impõe condições: “Só o farei com a mesma equipa e com a mesma estrutura, isto é, não integrado em qualquer lista partidária. A nossa sigla será Pelo Progresso da Freguesia”, refere.
Entre os projectos que gostaria de ver concretizados está a colocação de passeios ao longo da Estrada Nacional, no interior da localidade de Orvalho. “Há tanta obra que se faz no âmbito da Prevenção Rodoviária que não se compreende como não avança esta. Já a tivemos prometida, mas mudou o director de estradas duas vezes e nada se fez. E é necessário que se faça, pois temos uma escola, a farmácia, cafés, o Centro Social junto à estrada. A situação é muito perigosa”.

Outras obras são a requalificação do Largo da Igreja Matriz, bem como as calçadas entre a Avenida de São Sebastião e o Largo dos Azevedos, além de alcatroamentos em Casas da Zebreira e Adgiraldo. Mas a grande preocupação está no turismo, área que tem vindo a ganhar expressão, sobretudo depois da integração do Parque de Merendas do Mosqueiro e da Cascata de Água d’Alta no Geopark Naturtejo. “Em Oleiros está a ser construída uma Estalagem que terá de ser viabilizada pelo turismo. Nós podemos contribuir mais para isso”, refere.
A Junta de Orvalho já adquiriu duas casas antigas. Numa pretende instalar um centro de interpretação ambiental, enquanto na outra pretende desenvolver actividades relacionadas com a tradição e cultura locais. Pretende ainda adquirir uma ou duas pequenas casas para turismo rural, que possam incentivar as pessoas a apostar na área. Tem ainda prevista a criação do Museu Etnográfico na cave da Junta de Freguesia.
O autarca pediu apoio para estas e outras obras ao presidente da Câmara de Oleiros, José Marques, que respondeu referindo que algumas delas já estão no plano de actividades da Câmara. Em relação a outras, referiu que a capacidade do Paulo Urbano em esperar algum tempo, para fazer obras com mais qualidade, tem sido exemplar. Por isso, pede paciência e que o Orvalho continue a ser também exemplo em termos de parcerias para a realização de obras, como tem acontecido até aqui com a Junta, com o Centro Social e com a Paróquia.

Vitor Tomé

Opinião unânime - A melhor sede de Junta

Na cerimónia de inauguração, o presidente da Câmara de Oleiros, José Marques, considerou que a sede da Junta de Orvalho será, porventura a melhor sede de Junta do Distrito. Algo também destacado pelo presidente da Junta, Paulo Urbano, que começou por recordar as vivências que tem do edifício, pois foi ali que viu os primeiros programas televisivos, na então Casa do Povo. Porém, em 1993, já autarca, constatou o avançado estado de degradação do edifício, pelo que se iniciou um movimento para a sua recuperação.
O edifício inclui a secretaria e gabinete do presidente, espaço Internet, espaço de exposições, biblioteca e um salão destinado a reuniões, mas também preparado para a realização de eventos recreativos e culturais. Um salão baptizado com o nome do presidente da Câmara de Oleiros, José Marques, que ficou emocionado com a surpresa. Mais emocionada ficou a Governadora Civil, que é natural de Orvalho, ao constatar que a Extensão de Saúde, também instalada no edifício da Junta, foi baptizada com o seu nome, Alzira Serrasqueiro.
Na cerimónia de inauguração, Paulo Urbano referiu ao Reconquista: “Sempre pensámos na recuperação do edifício, mas nunca numa obra como a que temos. Neste momento podemos dizer que temos das melhores condições do Distrito em termos de juntas de freguesia, o que só foi possível graças ao apoio da Câmara de Oleiros, Administração Regional de Saúde, Direcção Geral das Autarquias Locais e Associação Pinhal Maior”.

Vitor Tomé

 

Comentar a notícia...




 COMENTÁRIOS

  martins - 2011-07-01 12:49  
Senhor Presidente, para quando o alcatroamento nas Casas da Zebreira? Tenho a minha casa que já tem mais de 25 anos e ainda não temos calçada faço-lhe o convite para vir ver as condições que nos temos no Verão e vivemos no Inverno na lama, penso eu se toda casa de habitação não deve ter uma rua decente e continuamos a pagar contribuições para viver nesta miséria e a ler as noticias de melhoramentos na freguesia e nós estamos esquecidos? Nada e feito!


  Rui Pedro Ramos Tomas - 2009-02-06 16:10  
Os meus parabéns pela obra feita, e que continuem a contribuir para o crescimento do Orvalho.

   
 
:. FREGUESIA DE ORVALHO .: - Todos os Direitos Reservados !